Please reload

Posts Recentes

Você compraria um carro pela internet?

October 24, 2017

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Versões legais de carros que não temos no Brasil - Parte 1

Nos dias de hoje a grande maioria dos carros são globais, mas adaptações locais existem por satisfazer o mercado de determinada região. Entre essas alterações existe a chance de determinados modelos serem fabricadas em regiões específicas. Por exemplo, o Renaut Sandero é comercializado em toda a Europa, porém só no Brasil a versão R.S com o motor 2.0 é vendida no Brasil.

Porém não se empolgue, existem muitas versões legais vendidas lá fora que nós não temos!

 

 

Chevrolet Colorado ZR2
Irmã da nossa S10, mas só nos Estados Unidos a versão ZR2 é vendida. Feita para concorrer com o Toyata Tacoma TRD e o Ford F-150 Raptor. Incrível a vocação dela fora do asfalto.
Com para-choques de maiores ângulos de saída e entrada, suspensão reforçada com amortecedores ajustáveis, gancho para reboque e pneus todo-terreno de 31 polegadas com rodas de aro 17.
Possui nove opções de ajustes da tração 4x4 e há até um modo Off-Road, que basicamente é uma função que faz o ZR2 mais incrível que já é, pois se adapta em diferentes condições. 

 

 

 

 

 


Ford Focus RS
Pensando em carro esportivo? O Focus RS nunca justificou tanto esse rótulo nesta geração. 
O visual agressivo é realçado pelo enorme aerofólio traseiro e duas ponteiras de escapamento. E o tempo impressionante de desenvolvimento desse modelo, 24 meses, que é relativamente extenso para uma versão de um projeto já existente. 

 

 

Emprestado do Mustang, o Motor 2.3 EcoBoost recebeu melhorias, como a troca dos pistões, turbocompressor e do mapeamento eletrônico.  Teve a potência elevada de 310cv para 350cv. E pela primeira vez um Focus sai de fábrica com tração integral, que despeja 30% nas rodas de frente e 70% nas traseiras.
Existe mais diferenças do RS com os Focus convencionais, inclusive os vendidos aqui no Brasil. Uma das principais é o  seletor de modos de condução, que ajustam os parâmetros do motor ( sonoridade e aceleração), sistemas de controle de chassi e suspensão (estabilidade e tração), transmissão tração e câmbio).
São quatro configurações, o grande destaque fica com o modo Drift, no qual o motorista pode se aventurar fazendo derrapagens controladas, graças ao diferencial traseiro que divide o torque entre as rodas. 

 

 

 

Honda Fit com motor 1,5 com injeção direta